Drivers - ACP Red Bull
03
Evitar sono ou cansaço ao volante

Evitar sono ou cansaço ao volante

Há poucos comportamentos mais arriscados do que conduzir quando estamos com sono. Lê as dicas e percebe o que deves fazer para evitar os acidentes.

Podes não acreditar, mas conduzir quando estás cansado pode ser tão perigoso como conduzir quando bebeste demais. Em apenas dois segundos, um carro a andar a 120 km/h percorre cerca de 70 metros; basta fechar os olhos para descansar por dois segundos e a tua vida (e a de todos os passageiros) estará em risco. Para evitar acidentes graves, deves estar atento aos sinais do teu corpo e perceber quando estás com demasiado sono ou cansaço para viajar. Segues estas dicas e estarás muito mais seguro.
Dorme bem antes de viajar

Dorme bem antes de viajar

Parece um conselho bastante óbvio, mas não é por isso que não deves segui-lo. Dormir bem na noite anterior a uma viagem é crucial para teres o cérebro a 100% e para não sentires sono ou cansaço enquanto estás a conduzir.
Segue os sinais do teu corpo

Segue os sinais do teu corpo

Se os teus olhos estão a ficar pesados, se as tuas pernas estão a relaxar, se estás a sentir-te aborrecido ou simplesmente cansado, não continues a conduzir. Para num local seguro e estica as pernas ou encosta a cabeça até sentires que o sono desapareceu. Chegar mais depressa não é o mais importante; o importante é chegar são e salvo.
Atenção ao que comes

Atenção ao que comes

Nas viagens longas, é importante saber qual é o efeito de cada alimento. Comer gorduras, fazer refeições pesadas e conduzir logo após comer vai contribuir para que tenhas quebras de energia ao volante e para que te sintas mais cansado; prefere os vegetais, legumes e cereais integrais, que ajudam a ter níveis de energia mais estáveis.
Atenção ao que bebes

Atenção ao que bebes

Os refrigerantes e o álcool são os teus piores inimigos: vão provocar quebras de energia, reduzir os reflexos e deixar-te desidratado, o que provoca uma queda de atenção. Bebe água para ficares hidratado, e se precisares de energia extra, um Red Bull.
Faz pausas regulares

Faz pausas regulares

A necessidade de parar para ir à casa de banho ou para esticar as pernas vai depender de pessoa para pessoa, mas é sempre importante relaxar os músculos, recuperar forças com comida ou bebidas e descansar o cérebro durante 10 a 15 minutos por cada três a quatro horas de viagem. Planeia o teu trajeto já com esta margem extra para não te atrasares na chegada.
Cuidado com os medicamentos

Cuidado com os medicamentos

Por vezes, a responsabilidade do sono não é da comida ou bebida. Se estás a tomar um medicamento ao qual o teu corpo não está habituado, ou se fazes medicação regular, certifica-te de que conheces os efeitos secundários; se provocar sonolência, é melhor planeares a hora de consumo ou a da viagem de forma a não colocares a tua vida e a dos teus passageiros em risco.
Tem muito cuidado à noite

Tem muito cuidado à noite

O ritmo biológico e a falta de estímulos visuais aumentam o risco de adormecer ao volante quando anoitece. Nestas situações é ainda mais importante estar bem. descansado, fazer pausas e parar assim que sentires que estás a ficar cansado.
Mantém pelo menos um dos passageiros acordado

Mantém pelo menos um dos passageiros acordado

Isto é difícil nas viagens a dois, mas quando estiveres a viajar com outras pessoas, tenta que o passageiro do banco da frente esteja acordado. O silêncio e o relaxamento potenciam o sono, por isso o condutor tem tendência a sentir-se mais cansado quando os passageiros estão a dormir; se houver alguém acordado para estimular o cérebro de quem conduz, todos ficam mais seguros.